SOB O SOL DA ILHA DO FERRO
   12 de dezembro de 2022   │     20:27  │  0

Cantão apresenta colab inédita com artesãos da Ilha do Ferro

Desde 1967 o Cantão constrói um universo feminino próprio, que se comunica de um jeito singular, livre, solto, multicolorido. Sua forma autêntica não se prende às tendências, mas valoriza a essência e a cultura brasileira. Integrada à coleção de verão da marca, Lugar Ao Sol, esta importante história, em colaboração com os artesãos e artistas da Ilha do Ferro, daqui de Alagoas, valoriza e imprime nos detalhes da estamparia um verdadeiro tesouro nacional: o resultado da criatividade e o talento de centenas de artesãos e bordadeiras.

Artesanato+brasilidade inspiram a parceria, que conta com o apoio do Sebrae, e integra o lançamento de Verão da marca, Lugar ao Sol

A parceria com o Sebrae reforça o importante papel da marca na valorização da cultura brasileira por meio desta rede colaborativa de mercado, que visa promover os artistas de Alagoas para o mundo, através de uma relação comercial justa. “O Sebrae trabalha para criar conexões que fortaleçam os pequenos negócios, e é isso que a parceria com o Cantão representa: o encontro entre a originalidade singular dos artesãos da Ilha do Ferro e uma marca que tem a cara da criatividade,” explica Marina Gato, analista do Sebrae Alagoas.

Localizada no município de Pão de Açúcar, este lugar mágico às margens do Velho Chico reúne um povoado de cerca de 450 habitantes, entre os quais pelo menos 100 dedicam a vida para o artesanato. Neste vilarejo, as casas são também ateliês, que refletem a experiência e a vivência no sertão, com técnicas passadas de geração para geração. Em uma composição harmônica entre arte, cultura e natureza, até a paisagem faz as vezes de cenário, inspiração, e claro, matéria-prima, já que os pedaços de madeira morta coletados ganham vida nova no formato de esculturas diversas, bancos, bonecos e animais. Em outra parte da ilha, linhas, agulhas e tesourinhas, fazem uma dança entre as mãos firmes das bordadeiras, em seus pontos inconfundíveis, inspirados na flor “Boa Noite”, e que deu o nome para a famosa técnica do bordado.

E foi essa arte tradicional, feita pelas mãos de homens e mulheres locais, que a marca se inspirou para desenvolver a linha co-criada com artesãos e bordadeiras da região. Esta colaboração especial não só valoriza a arte popular criada com tanto esmero por este povoado, mas os celebra em peças que eternizam e registram uma linda trajetória de trabalho com a arte.

“Nós do Cantão acreditamos em uma moda originalmente brasileira, que acredita e valoriza o artesanato como arte, entendemos, ainda, que o trabalho artesanal não é somente um legado, mas também um patrimônio da identidade brasileira, e fruto da sabedoria de povos ancestrais”, explica Tatiana Giglio, Comunicação e Branding do Cantão.

Nos shapes livres e impecáveis com estampas multicoloridas, a coleção registra a beleza do artesanato com elementos diversos — pássaros, barcos, plantas e até imagens místicas – esculpidos em madeira, como os criados por seu Vavan, um artista de 62 anos que dedica a vida ao artesanato há apenas oito, provando que nunca é tarde para começar e por seu Aberaldo, artesão que há mais de 30 anos transforma pedaços de madeira em arte, que se destaca pela precisão minuciosa; e pelos bonecos coloridos, como os criados por Camille Dias, que mostra que este tipo de trabalho manual não é apenas para homens. “Os principais elementos trabalhados nas estampas são os personagens que equilibram pássaros e frutas em suas cabeças. Já na estampa localizada, usamos a textura da madeira remetendo à matéria-prima das esculturas, além de também fazer certa alusão à xilogravura”, complementa Marcela Bartz, Coordenadora de Estamparia Cantão.

Destaque, ainda, para o bordado Boa Noite, arte têxtil secular representado na estampa pelas flores e folhagens coloridas, que refletem como o artesanato transforma o tecido em poesia. “O sentimento que essa parceria gera é orgulho, em ver o meu trabalho em blusas e vestidos. É ver a valorização pelo nosso trabalho”, diz a bordadeira Eridan, mais conhecida por Dan. O bordado típico é também protagonista de algumas peças especiais, já que trazem detalhes aplicados e bordados um a um, pelas mãos das artesãs da Ilha do Ferro.

As peças da colab Cantão + Ilha do Ferro, composta por vestidos, blusas, macacões, t-shirts, camisas, top, jaqueta e short jeans e uma bolsa bordada, já estão disponíveis nas lojas e no site do Cantão.

O Cantão criou um universo feminino próprio, que se expressa com seu espírito livre, solto e colorido

 

Tags: